Sobrevivência humana depente das comunidades indígenas, alertam cientistas de 15 países

01/04/2019 – 11:31
Enquanto o governo Bolsonaro corta investimentos na Fundação Nacional do Índio e impõe uma política de abandono das comunidades tradicionais e indígenas, cientistas de 15 países, inclusive do Brasil, alertam que a preservação dessas comunidades é fundamental para a sobrevivência humana no planeta.

Uma pesquisa publicada recentemente na revista científica internacional Nature acaba de mostrar que as práticas dessas comunidades com o manejo dos polinizadores são fundamentais para o meio ambiente e para o bem-estar do homem em todo o planeta.

O artigo Biocultural approaches to pollinator conservation, fruto do trabalho de pesquisadores de 15 países, apresenta um amplo diagnóstico sobre como as comunidades indígenas e tradicionais protegem polinizadores em suas florestas, lavouras e campos, trazendo múltiplos benefícios culturais, ecológicos, econômicos e de qualidade de vida seja local ou globalmente. Isso porque esses povos mantêm uma relação com a natureza que envolve desde a sobrevivência até questões culturais e religiosas, e desenvolveram um conhecimento complexo sobre esses ecossistemas. Os pesquisadores chamam essa relação de diversidade biocultural.

O diagnóstico foi feito em 60 países e avaliou centenas de experiências publicadas na literatura científica mundial.

leia mais Carta Campinas …

Please follow and like us:

Link permanente para este artigo: https://brasildemocratico.net/site/sobrevivencia-humana-depente-das-comunidades-indigenas-alertam-cientistas-de-15-paises/