Ministro do Ministério do Meio Ambiente deixa má impressão na Câmara

10/04/2019 – 20:20
Ricardo Salles defendeu agilidade nos processos de licenciamento ambiental e de liberação de agrotóxicos

Durante sabatina nesta quarta-feira (10), na Câmara dos Deputados, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi duramente criticado por parlamentares de oposição por conta das iniciativas da pasta nestes primeiros 100 dias de governo.

A sabatina de Salles ocorreu no âmbito de uma audiência conjunta da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra) e da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS), por iniciativa de deputados da oposição, que oficiaram o ministro para prestar esclarecimentos a respeito de novos procedimentos e acordos do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Na audiência, que durou mais de cinco horas, Salles foi questionado a respeito de diferentes pautas. Entre elas, figuraram temas como a política da pasta em relação à mineradora Vale após a catástrofe de Brumadinho (MG), a liberação de agrotóxicos, os interesses dos Estados Unidos sobre terras da Amazônia, as políticas públicas para comunidades tradicionais, a importância das questões técnicas nas decisões políticas do Ministério, a proteção dos recursos naturais, o sistema de monitoramento e fiscalização ambiental e o desmatamento.

leia mais Brasil de Fato …

Please follow and like us:

Link permanente para este artigo: https://brasildemocratico.net/site/ministro-do-ministerio-do-meio-ambiente-deixa-ma-impressao-na-camara/