É preocupante depender de militares para manter estabilidade do governo, diz cientista político de Harvard

É preocupante que militares sejam vistos como ‘fiadores’ do governo, diz Yascha Mounk. Na foto, Bolsonaro com o comandante do Exército, Edson Leal Pujol

28/04/2019 – 09:50
O cientista político Yascha Mounk construiu sua carreira estudando um tema que ganha cada vez mais importância no mundo e na academia: o apoio cada vez menor à democracia, e o surgimento de líderes populistas que, em diferentes níveis, à esquerda e à direita, minam instituições democráticas.

Para ele, líderes como Recep Erdogan (Turquia) e Viktor Orbán (Hungria) têm uma característica em comum: estão tentando (ou conseguindo) suprimir características fundamentais do regime democrático, como liberdade de imprensa, justiça independente e respeito a quem pensa diferente.

Mounk diz que Jair Bolsonaro (PSL) tem semelhanças “impressionantes” com os mandatários da Turquia e da Hungria, e uma grande diferença: o político do PSL “não tem controle completo sobre o sistema político”, o que, segundo ele, “talvez limite sua habilidade de enfraquecer o sistema político”.

leia mais BBC Brasil …

 

Please follow and like us:

Link permanente para este artigo: https://brasildemocratico.net/site/e-preocupante-depender-de-militares-para-manter-estabilidade-do-governo-diz-cientista-politico-de-harvard/