Centenas de invasores entram na Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau e preparam derrubada da floresta

18/04/2019
Indígenas denunciam aumento de grileiros, ameaças, tiroteios perto de aldeias e diminuição da caça e pesca no território

Uma nova onda de invasões intensifica a ameaça aos povos indígenas que vivem na Terra Indígena (TI) Uru Eu Wau Wau, em Rondônia. Cerca de 180 invasores adentraram a TI ilegalmente nas últimas semanas, e estão próximos das aldeias, segundo denúncia dos indígenas e da organização não-governamental Kanindé. Com a nova leva, a ONG estima que mais de 1.000 pessoas estejam ocupando ilegalmente o território.

A TI, homologada em 1991, é habitada por três povos indígenas contatados e conta com, pelo menos, três registros de povos em situação de isolamento voluntário confirmados pela Fundação Nacional do Índio (Funai). Os povos isolados optam por não ter nenhum contato com outros povos indígenas e não-indígenas.

As invasões de grileiros na TI têm aumentado desde o começo do ano. “As falas contra os povos indígenas do novo governo estimulam as invasões”, afirma Awapu Uru-Eu-Wau-Wau, liderança do povo Uru-Eu-Wau-Wau, em entrevista ao Instituto Socioambiental (ISA). Desde o final do ano passado, com a eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL) mais grileiros têm entrado na área. A avaliação de Ivaneide Bandeira, coordenadora da Kanindé, é de que o discurso de Bolsonaro de revisão de demarcações de terras indígenas incentiva a ocupação ilegal destes territórios.

leia mais Instituto Socioambiental …

 

mais sobre o povo indígena Uru-eu-wau-wau …

Please follow and like us:

Link permanente para este artigo: https://brasildemocratico.net/site/centenas-de-invasores-entram-na-terra-indigena-uru-eu-wau-wau-e-preparam-derrubada-da-floresta/