Bolsonaro volta a defender veto à propaganda do Banco do Brasil

reprodução

27/04/2019 – 11:31
Propaganda com atores brancos, negros e LGBTs foi retirada do ar a pedido do presidente nesta semana.

O presidente Jair Bolsonaro disse, na manhã deste sábado (27), que não quer que dinheiro público seja utilizado em propagandas como a do Banco do Brasil, voltada para jovens e que retratava diversidade sexual e racial do País na peça. Campanha foi retirada do ar nesta semana após decisão do governo.

“Quem indica e nomeia presidente do BB [Banco do Brasil], não sou eu? Não preciso falar mais nada então”, disse Bolsonaro na saída de um evento em Brasília, segundo o UOL. O presidente completou sua fala dizendo que “a linha mudou” e que “ninguém quer perseguir minoria nenhuma”.

“A linha mudou, a massa quer respeito a família, ninguém quer perseguir minoria nenhuma. E nós não queremos que dinheiro público seja usado dessa maneira. Não é a minha linha. vocês sabem que não é minha linha.”

Com 30 segundos de duração, a campanha publicitária do Banco do Brasil voltada para o público jovem, com atores brancos, negros e LGBTs, foi retirada do ar após Bolsonaro assistir a peça, que estava sendo veiculada na TV e internet desde 1º de abril. A propaganda deixou de circular o último dia 14.

leia mais Huffington Post …

o comercial:

Please follow and like us:

Link permanente para este artigo: https://brasildemocratico.net/site/bolsonaro-volta-a-defender-veto-a-propaganda-do-banco-do-brasil/