Bolsonaro: 100 dias de guerra contra os povos indígenas

divulgação

16/04/2019 – 16:32
O presidente inicia seu Governo atentando contra os direitos e as terras das comunidades

Quando Jair Bolsonaro assumiu a presidência do Brasil, em 1.o de janeiro, os povos indígenas do país e seus aliados no mundo todo se prepararam para o pior. Bolsonaro prometeu que, sob a sua liderança, não haveria nem mais um centímetro de terra indígena demarcada. Anunciou sua intenção de integrar os povos indígenas à força “como o Exército, que fez um grande trabalho”, mas achou uma pena a cavalaria brasileira ter sido incompetente. “Competente, sim, foi a cavalaria norte-americana, que dizimou seus índios”, afirmou Bolsonaro, em pronunciamento na Câmara dos Deputados em 1998.

Podemos tirar duas lições importantes dos primeiros 100 dias de presidência de Bolsonaro. A primeira é que todos os temores eram bem fundamentados, e esta administração racista está lançando abertamente um ataque sem precedentes contra os povos indígenas do Brasil, com o objetivo explicito de destruí-los como povos, assimilando-os pela força e saqueando suas terras.

leia mais El País …

Please follow and like us:

Link permanente para este artigo: https://brasildemocratico.net/site/bolsonaro-100-dias-de-guerra-contra-os-povos-indigenas/